Favelas da Baixada Fluminense e da Zona Oeste são as finalistas da Taça das Favelas Rio 2019

16 de Junho de 2019



por Allison Melo*, Christian Fuentes*, Fernanda Fragoso* e Gabriella Lima*

O sábado, dia 15 de junho, de Taça das Favelas foi agitado e contou com diversos ingredientes que apimentaram as disputas do dia, tanto no feminino quanto no masculino. O maior campeonato de futebol entre favelas do mundo se despediu do Campo do Realengo em grande estilo. Com os resultados do dia, as grandes finais do torneio organizado pela Central Única das Favelas (CUFA) e produzido pela InFavela serão entre equipes da Baixada Fluminense e da Zona Oeste. O Corte Oito, de Duque de Caxias, pega o Curral das Éguas, de Realengo, no feminino, e o Gogó da Ema, de Belford Roxo, disputa o título com o Patativas de Campo Grande, no masculino. As duas partidas serão realizadas no dia 20 de julho.


Corte Oito 3x2 Complexo do Acari - Feminino

A primeira partida do sábado das semifinais da Taça das Favelas começou com a força e determinação das mulheres em campo. O time de Caxias, o Corte Oito, enfrentou a equipe do Complexo do Acari.
O jogo começou equilibrado, com as duas equipes bem distribuídas. Os minutos iniciais foram marcados por tabelas, bola em jogo e divididas. O Acari saiu na frente com Tuane, que foi expulsa na comemoração por subir no alambrado. Com uma jogadora a mais, o time de Caxias aproveitou a oportunidade para fazer pressão no time adversário e empatar o jogo. A atacante, Marcele, estreante na Taça, marcou nos minutos finais do primeiro tempo.
Na segunda etapa, o Corte Oito voltou a campo com força total e virou o jogo logo no início, novamente com Marcele. A equipe da Baixada continuou pressionando as meninas do Acari, e ampliou com Yngrid. O time do Acari esboçou uma reação e diminuiu com Milena. O segundo tempo chega ao fim consagrando o Corte Oito como finalista feminino da Taça das Favelas pela quarta vez consecutiva.


Gogó da Ema 3x1 Engenho Velho de Itaboraí - Masculino
No embalo da torcida, que lotou as arquibancadas e não parou de cantar um só minuto, a equipe do Gogó da Ema levou a melhor e venceu o Engenho Velho de Itaboraí pelo placar de 3 a 1. Se fora de campo os torcedores faziam sua parte ao incentivar o time, dentro das quatro linhas quem ditava o ritmo era o jovem Ronald, destaque da equipe de Belford Roxo. Com bons passes, puxadas de contra-ataques e gol, o camisa 10 foi o destaque do jogo. Apesar do seu maestro estar em um dia inspirado, o que consolidou a vitória da equipe da Baixada Fluminense foi a entrada do xodó da torcida, o Arão. O jogador se destacou pelos desarmes na defesa e pelo lance do gol, que teve participação direta dele. Ronald, no primeiro tempo, Gabriel e Matheus, no segundo, marcaram para a equipe do Gogó, enquanto Juan, na primeira etapa, fez o gol do time de Itaboraí. Com o resultado, o Gogó da Ema vai para a grande final da Taça das Favelas Rio 2019 medir forças contra a equipe do Patativas de Campo Grande, no dia 20 de julho.


Curral das Éguas 3x2 Jardim Bom Retiro - Feminino
Pelo torneio feminino, a segunda vaga na final ficou com o Curral das Éguas, que bateu o Jardim Bom Retiro por 3 a 2. O Curral das Éguas abriu o placar com gol de pênalti de Yasmin, logo no início do primeiro tempo, e administrou a vantagem até o intervalo. No segundo tempo, Adriana ampliou para o Curral, novamente de pênalti, e Raiane diminuiu para o Bom Retiro, também convertendo uma penalidade.
A autora do segundo gol do Curral das Éguas, Adriana, ainda fez mais um, após receber uma bola lançada na entrada da área, chutar em cima da goleira e aproveitar o rebote. O Jardim Bom Retiro ainda diminuiu novamente com Edilene, mas não foi o suficiente. Com a vitória, o time da Zona Oeste se classificou para a grande final e vai brigar pelo título com o Corte Oito.


Vilar Carioca 0x1 Patativas de Campo Grande – Masculino

Vilar Carioca enfrentou o Patativas de Campo Grande no último jogo das semifinais da Taça das Favelas Rio 2019. As duas equipes fizeram um primeiro tempo bastante corrido, mas de poucas oportunidades. Um jogo bastante tenso por parte dos jogadores, torcida e até das comissões técnicas. Vontade não faltou e as poucas chances de gol no primeiro tempo foram do time do Vilar. O segundo tempo não mudou a tensão que prevalecia no ar, porém o time do Patativas conseguiu equilibrar a partida e aos 28 minutos em um ataque rápido o time de Campo Grande teve um pênalti marcado a seu favor, que Diogo converteu e abriu o placar. Com isso, o Vilar Carioca teve que se mandar com tudo para o ataque. Boas oportunidades foram criadas e até um gol foi anulado por impedimento, mas a expulsão do camisa 4, Pablo, complicou a reação do Vilar.


Finais (27 de julho):

Corte Oito x Curral das Éguas – Feminino
Gogó da Ema x Patativas de Campo Grande – Masculino

A Taça das Favelas Rio 2019 tem patrocínio do PicPay e da Friboi, apoio de Box Mineiro, Euro Sports, Vai Voando, Comunidade Door, Doctare, Globo, Sportv, Mycujoo e Placar Esportivo.

*Voluntários sob supervisão da Assessoria de Comunicação da CUFA.





Taça das Favelas 2019 - Todos os direitos reservados.