Jogos quentes marcaram a volta da Taça das Favelas

00 de de 0000



Jogos quentes marcaram a volta da Taça das Favelas

Por Allison Melo* e Tatiane Mota*

Após a pausa para os feriados da Semana Santa, a Taça das Favelas Rio 2019 retomou os jogos neste sábado, dia 27 de abril, no Campo do Realengo. Em um dia que o calor prevaleceu fora e dentro de campo com partidas bastantes de disputadas. Todas as partidas do dia foram pela categoria masculina.

Sarapuí 0x0 Complexo De Maria Paula
O primeiro jogo do dia começou quente com os dois times correndo bastante e partindo para o ataque. As primeiras chances de abrir o placar foram do Sarapuí mas pararam nas ótimas defesas do goleiro Gabriel. O Maria Paula também teve excelentes oportunidades, uma delas no chute do atacante João Marcos que tirou o goleiro da jogada colocando o lateral Maycon para correr e cortar a bola em cima da linha, evitando o gol. Apesar das chances criadas para os dois lados, a partida terminou empatada em zero a zero com destaque para os goleiros que fizeram defesas importantes.

Nova Holanda Parque União 0x5 Favelinha de Olavo Bilac
O sábado não foi um bom dia para o time da Nova Holanda/PU. Desde o início da partida, a equipe do Olavo Bilac dominou todas as ações do jogo, só que esse domínio não se transformou em gols no primeiro tempo, perdendo até uma cobrança pênalti. Já na segunda etapa, os gols, que não aconteceram na primeira etapa, aconteceram de sobra. Gustavo Rodrigues duas vezes, Gustavo Ferreira, Deivid Alves e Maycon Machado marcaram.

Complexo do Chapadão 1x0 Getúlio Cabral
O Complexo do Chapadão derrotou o Getúlio Cabral por 1 a 0 no terceiro jogo do dia. Logo nos primeiros minutos o camisa 10, Maxwell, abriu o placar após um chute forte da intermediária. O Chapadão teve mais volume de jogo no primeiro tempo e deu trabalho para a defesa do Getúlio Cabral, que teve dificuldade em sair com a bola. No segundo tempo, a partida ficou mais equilibrada e a disputa mais acirrada. Os meninos do Getúlio aumentaram a pressão e chegaram algumas vezes com perigo à área do gol, mas não conseguiram marcar. O Chapadão administrou a vantagem e saiu com a vitória.

Complexo Jardim Maravilha 2x1 Vigário Geral
O time do Vigário Geral abriu o placar logo no começo do jogo com Wesley dos Santos. Entretanto, o primeiro tempo foi morno, sem oportunidades para ambas as equipes. Já na segunda etapa, a necessidade do resultado fez com que a favela do Jardim Maravilha se lançasse ao ataque encurralando o Vigário Geral no seu campo de defesa. A pressão logo deu certo e Lincoln Carvalho empatou a partida, depois de uma bola na trave e algumas chances desperdiçadas, o time do Jardim Maravilha conseguiu a virada, com o gol de Ryan Carlos.

Cohab de Realengo 1x2 Favela do Viegas
O jogo entre Favela do Viegas e Cohab de Realengo começou movimentado. O centro avante Lucas Mateus abriu o placar para o Viegas, ainda no início do primeiro tempo com um golaço de fora da área. O jogo seguiu disputado com uma vantagem de posse de bola para o Viegas, que e se manteve ofensivo. Na segunda etapa, a Cohab apareceu mais para o jogo e encaixou um contra-ataque que resultou no empate após gol do Ryan Barbosa. A partida seguiu eletrizante com as duas equipes pressionando, muitas divididas e jogadas de bola parada. Apesar da forte marcação da Cohab de Realengo, Lucas Mateus marcou no final e garantiu a vitória do Viegas por 2 a 1. O destaque foi a festa das torcidas na arquibancada que vibraram a cada lance e entoaram cantos de apoio aos jogadores nos momentos tensos do jogo.

Complexo Paraíso 0x1 Gogó Da Ema
O penúltimo jogo do dia foi bastante disputado. Complexo do Paraíso e Gogó da Ema fizeram uma partida com boas oportunidades, mas com muitas faltas. O placar foi aberto ainda no primeiro tempo, gol de Ronald Barcellos para o Gogó da Ema. Depois do intervalo, o Complexo do Paraíso retornou determinado a conquistar a vitória, porém o setor defensivo do Gogó da Ema e a expulsão do camisa 10 do Paraíso Wallace Roberto impediram a reação.

Complexo dos Jesuítas 0x5 Engenho Velho de Itaboraí
O último jogo do dia terminou com a vitória por 5 a 0 do Engenho Velho de Itaboraí contra o Complexo dos Jesuítas. Em partida que começou morna, a equipe de Itaboraí mostrou maior volume de jogo criando ótimas jogadas e balançando as redes duas vezes com Wanderson Silva. Na segunda etapa a equipe de Itaboraí ampliou com Wallace Alexsandro, Kayque Carlos, Breno Cavalcanti.

A Taça das Favelas Rio 2019 tem patrocínio do PicPay e da Friboi, apoio de Box Mineiro, Euro Sports, Vai Voando, Comunidade Door, Doctare, Globo, Sportv, Mycujoo e Placar Esportivo.


*Voluntários sob supervisão da assessoria da CUFA.





Taça das Favelas 2019 - Todos os direitos reservados.