Semifinais da Taça das Favelas 2018 acontecem neste sábado

09 MAR 2018



A Taça das Favelas 2018 vai conhecer as suas finalistas no próximo sábado, dia 10 de março. As semifinais do maior campeonato entre favelas do mundo serão disputadas no Campo do Realengo. As partidas desta fase do torneio organizado pela Central Única das Favelas (CUFA) e produzido pela InFavela terão duração de 30 minutos para cada tempo, no feminino, e 40 para cada, no masculino. Em caso de empate, o jogo vai para os pênaltis com três cobranças para cada time, persistindo a igualdade, a disputa irá para as alternadas.

 

Na semana do Dia Internacional da Mulher, algumas mulheres, envolvidas com a preparação de algumas das favelas semifinalistas, falaram sobre seus times e as dificuldades que ainda encontram ao trabalhar no futebol.

 

“No geral, eu acho que ainda existe uma certa resistência na aceitação da modalidade, mas a força de vontade das meninas faz com que elas consigam tirar esse problema de letra, e fazerem o que mais gostam que é jogar futebol”, disse Joyce Brandão, auxiliar técnica da Caixa D’Água de Padre Miguel, única favela a estar na disputa do título em ambas categorias.

 

No feminino, a favela de Padre Miguel enfrenta o Acari no primeiro jogo do dia, e no masculino disputa uma vaga na final contra a equipe sensação do torneio, o Patativas de Campo Grande.

 

“As meninas estão muito focadas e vamos dar o melhor que podemos, com muita humildade e pés no chão, respeitando a equipe do Acari que teve muitos méritos para estar na semifinal”, disse Joyce.

 

“Sabemos que equipe da Caixa D' Água está bem preparada também. Mas estamos confiantes na classificação. Serão os 60 minutos mais importantes das nossas vidas”, projetou a auxiliar técnica do Acari, Monique Oliveira, que também falou sobre as dificuldades da mulher no futebol. “O preconceito grita no nosso dia a dia!  Mas a gente que é amante do futebol não desiste, e sempre acaba tendo alguém em algum bairro que gosta do nosso trabalho, isso nos dá motivação para continuar na busca pelo nosso sonho”, relatou Monique.

 

O atual bicampeão do feminino, Corte Oito, não vem tendo dificuldades em seus jogos na busca pelo tricampeonato, mas a auxiliar técnica Érica Oliveira sabe que o favoritismo da favela da Baixada Fluminense demanda cautela em um desafio como o que terá contra o Complexo da Coréia.

 

“Pelo terceiro ano seguido somos a equipe a ser batida, mas não queremos perder o posto de campeãs, que conquistamos com muito esforço e dedicação. Por isso sempre conscientizamos as nossas atletas de que temos que galgar degrau por degrau para chegarmos ao título”, falou Érica.

 

No masculino, a atual campeã Vila Aliança enfrenta o Nova Campinas na disputa por uma vaga na final que acontecerá no dia 24 de março, no Estádio de Moça Bonita, em Bangu.

 

Entre eliminatórias e peneiras, foram mais de 90 mil jovens moradores de favelas em busca do sonho de se tornarem jogadores de futebol. Agora, nesta fase final, são mais de dois mil garotos espalhados por 64 times masculinos (com idade entre 14 e 17 anos) e 16 femininos (com idade livre), de todo o estado do Rio de Janeiro.

 

A Taça das Favelas tem patrocínio da Universidade Estácio de Sá e do Prospera Santander Microcrédito, apoio da Rede Globo, Sportv, Favela Vai Voando, Gol Linhas Aéreas, Vai Voando e Comunidade Door.

 

Serviço
Semifinais da Taça das Favelas 2018

Data: 10 de março - Sábado
Local: Campo do Realengo
Endereço: Estrada São Pedro de Alcântara, 4520 – Realengo, Rio de Janeiro

 

Confira as partidas das semifinais da Taça das Favelas 2018

9h – Caixa D’Água x Acari – Feminino
11h – Patativas de Campo Grande x Caixa D’Água – Masculino
13h – Vila Aliança x Nova Campinas – Masculino
15h – Corte Oito x Complexo da Coréia – Feminino

 





Taça das Favelas 2018 - Todos os direitos reservados.