Shangrilá Rosa aplica goleada histórica

26 FEV 2018



O destaque do último domingo de competição antes do mata-mata ficou por conta da impiedosa goleada do Shangrilá Rosa no Complexo do Acari, por 9 a 0, que agora é a maior do torneio masculino da Taça das Favelas 2018. Todos os jogos aconteceram no Campo do Realengo. Confira o resumo de cada jogo:


por Rodrigo Madureira

 

 

 Paraopeba 1 x 0 Padre Miguel 

A primeira partida do dia começou com um amplo domínio da equipe do Padre Miguel. O time se mostrou superior do início até ao final do primeiro tempo, porém não conseguiu converter em gols. No segundo tempo, o Padre Miguel manteve sua performance acertando logo uma bola na trave. Enquanto isso, a equipe de Paraopeba ia se soltando aos poucos, até que no bate-rebate, a bola sobrou para Jackson Rafael que, sem dar chances para o goleiro, mexeu o placar tirando do zero dele. O Padre Miguel tentou reagir para chegar ao empate, mas já não havia mais tempo. Final de Jogo, vitória para Paraopeba.


Cohab Realengo 3 x 2 Chatuba de Mesquita

 Jogo muito disputado, onde as duas equipes buscaram o gol a todo momento. A equipe da Cohab teve as melhores chances da primeira etapa e chegou ao primeiro gol com Ryan, contando com a ajuda do goleiro. A equipe da Chatuba de Mesquita equilibrou as ações e chegou ao empate no primeiro tempo com um golaço de Fabiano. Na segunda etapa, a equipe da Chatuba voltou melhor e chegou a virada com um belo gol de cobertura de Luiz Henrique. A partida continuou disputada e a Cohab chegou ao empate com um gol de cabeça de Daniel. Nos minutos finais, a Cohab teve um pênalti ao seu favor e coube ao camisa 10, Wellington dar números finais a partida.

 

  Fumacê 2 x 0 BNH Magé

 A partida começou fria, com as duas equipes sem muita inspiração, criando raras chances de gols. Na segunda etapa, a equipe do Fumacê dominou as ações do jogo e chegou aos seus dois gols, com Vitor Henrique, que fez um gol olímpico, e Kenny Robert, de cabeça. A equipe do Fumacê manteve a densidade em busca de gols, mas a partida terminou com de placar 2 a 0.

 

 Shangrilá Rosa 9 x 0 Complexo do Acari

 A equipe de Acari, que já estava eliminada, entrou em campo apenas para cumprir tabela. A equipe de Shangrilá Rosa aproveitou e aplicou uma goleada, fazendo cinco gols na primeira etapa com Matheus, Humberto, Lucas, Renan e Rafael. Na segunda etapa o panorama foi o mesmo, e a equipe de Shangrilá Rosa fez mais quatro gols com Rafael, duas vezes, Humberto e Luiz Alberto fechando o placar elástico.

Complexo de Santa Margarida 0 x 2 Grota de Niterói 

A partida começou muito trucada, com as duas equipes concentrando as suas ações pelo meio campo, com isso a primeira etapa não teve fortes emoções. No segundo tempo, a equipe da Grota de Niterói foi superior na partida, tendo maior volume de jogo, e esse volume levou a equipe a marcar os seus gols com Caio e Lucas Santos. Com o placar a seu favor, a equipe da Grota tocou a bola até esperar o apito final 

 

Rocinha 1 x 1 Barata

O jogo começou muito disputado, com as duas equipes intensas a todo tempo, e essa vontade resultou em muitas faltas, não tendo muitos lances de gol no primeiro tempo. Na segunda etapa, a equipe do Barata foi superior e justamente quando estava melhor em campo sofreu o gol, Ramon abriu o placar para a Rocinha, em cobrança de pênalti. A equipe do Barata chegou ao empate com o zagueiro Ítalo, após bate-rebate em cobrança de escanteio, o time do Barata continuou a pressão e ainda teve um gol anulado, no fim do jogo o empate permaneceu no placar.

 

Vila Norma/Cosmorama 3 x 2 Complexo de Manguariba 

A equipe de Manguariba começou melhor no jogo, criando boas oportunidades, mas logo a equipe de Vila Norma equilibrou a partida e fez o primeiro gol com o atacante Yago, e a primeira etapa terminou com o placar mínimo. No segundo tempo, a equipe de Vila Norma iniciou melhor e fez mais dois gols com Arthur e Jonathan, O Complexo de Manguariba chegou a reagir com gols de Victor e Patricky da Cruz. O fim de jogo foi muito disputado, mas o placar permaneceu com a vitória da Vila Nova/Cosmorama. 





Taça das Favelas 2018 - Todos os direitos reservados.