Taça das Favelas perto de definir classificados para o mata-mata

23 FEV 2018



Depois de uma parada devido ao Carnaval, a Taça das Favelas 2018 volta com tudo para um final de semana decisivo. Será o último da fase de classificação e definirá quais serão as oito equipes classificadas para as quartas-de-final do torneio masculino, da competição organizada pela Central Única das Favelas (CUFA) e produzida pela InFavela.

Mais uma vez os jogos de sábado, dia 24 de fevereiro, serão disputados em dois campos, no Clube Recreativo dos Industriários de Bangu e Adjacências (Creib) de Padre Miguel e o Campo do Realengo. As partidas de domingo, 25 de fevereiro, serão jogadas apenas em Realengo.

O duelo de maior importância do final de semana vai ser sábado, em Realengo. Favela do Sarapuí e Caixa D’Água de Padre Miguel estão coladas na tabela e fazem jogo de vida ou morte, por uma vaga nas quartas-de-final.

“Estamos tratando esse jogo com uma final de campeonato, treinando sem parar, porque queremos muito. Respeitamos muito o Sarapuí, mas infelizmente uma vai dar adeus ao campeonato. E vamos pra cima no sábado, para sairmos com essa vaga tão sonhada”, disse Luciano Mattos, técnico da Caixa D’Água.

“Vai ser o jogo mais importante das nossas vidas”, avaliou Wallace Antônio, técnico da Favela do Sarapuí.

Outro jogo de suma importância, que também ocorre no domingo, é o da campeã de 2014, Vila Kennedy, que precisa vencer para ir às quartas e manter vivo o sonho de repetir o feito de quatro anos atrás. A partida é contra o já eliminado Barro Branco, mas mesmo assim o técnico Antônio Resende prega cautela à equipe.

“A gente tem que encarar o adversário com seriedade sempre. Mas a garotada está ciente da responsabilidade que essa partida carrega, e por isso estamos confiantes”, falou Antônio Rezende, treinador da Vila Kennedy.

No domingo, o Campo do Realengo vai contar com uma ação do salão Esponja Magic, onde o cabelereiro Paulo Silva, junto da sua equipe, vai fazer cortes inspirados na cultura black atletas de alguns times.

Entre eliminatórias e peneiras, foram mais de 90 mil jovens moradores de favelas em busca do sonho de se tornarem jogadores de futebol. Agora, nesta fase final, são mais de dois mil garotos espalhados por 64 times masculinos (com idade entre 14 e 17 anos) e 16 femininos (com idade livre), de todo o estado do Rio de Janeiro.

A Taça das Favelas tem patrocínio da Universidade Estácio de Sá e do Prospera Santander Microcrédito, apoio da Rede Globo, Sportv, Favela Vai Voando, Gol Linhas Aéreas, Vai Voando e Comunidade Door.

 

Confira as partidas deste final de semana:

(Todas pelo masculino)

Sábado (24 de fevereiro) – Campo do Realengo (Estrada São Pedro de Alcântara, 4520 - Realengo, Rio de Janeiro)
9h – Complexo da Coréia x CRB Dick
10h20 – Nova Brasília x Parque São Vicente
11h40 – Barbante da Ilha x Nova Holanda
13h – Favela do Sarapuí x Caixa D’Água
14h20 – Barro Branco x Vila Kennedy
15h40 – Morro do Escadão x Nova Campina
17h – Jardim Guandu x Parque Chuno

Sábado (24 de fevereiro) – Creib e Padre Miguel (Rua H, Padre Miguel – Rio de Janeiro)
9h – Canto do Rio x Vila Moreti
10h20 – Rio das Pedras x Vilar Carioca
11h40 – Morro do Dezoito x Complexo do Alemão
13h – Vila Croácia x Lagoa de Magé
14h20 – Complexo do Mangueirão x Pedreira de Vassouras
15h40 – Km 40 Seropédica x Engenho Velho

 

Domingo (25 de fevereiro) – Campo do Realengo
9h – Paraopeba x Padre Miguel
10h20 – Cohab de Realengo x Chatuba de Mesquita
11h40 – BNH Magé x Fumacê
13h – Shangrilá Rosa x Acari
14h20 – Complexo de Santa Margarida x Grota de Niterói
15h40 – Rocinha x Barata
17h – Vila Norma/Cosmorama x Complexo Manguariba





Taça das Favelas 2018 - Todos os direitos reservados.