Taça das Favelas Rio já tem algumas favelas classificadas

29 de Abril de 2019



por Alexander Valu* e Lucas Meireles*

 

Domingo de Sol é dia de sair, curtir uma praia ou aquele churrascão à beira da piscina, certo? Errado, pelo menos para os times que voltaram ao Campo do Realengo para mais um dia de jogos da Taça, no domingo, 28, logo após a pausa do fim de semana anterior, por conta da Páscoa.

Sob intenso calor, as equipes da categoria masculina fizeram mais uma vez partidas acirradas e equilibradas. Apesar dos poucos gols, não sobrou emoção. Tendo Nova Brasília, Fumacê, Parque Ipanema, CRB Dick e Jardim Bangu já garantindo a vaga para a próxima fase. Nesse final de semana só aconteceram jogos da categoria masculina.

 

 

Chatuba de Mesquita 1 x 2 Nova Brasília

Na partida que inaugurou os jogos de domingo, o Nova Brasília até começou melhor. Mas foi a Chatuba de Mesquita quem abriu placar. O volante e capitão Lucas, de pênalti, abriu o placar para equipe da Baixada Fluminense ainda no primeiro tempo. Entretanto, o Nova Brasília não se rendeu. Aproveitou as falhas da defesa do Chatuba e virou a partida no segundo tempo, com gols de Mario e Maicon Douglas, ambos aproveitando o rebote do goleiro. A Chatuba ainda buscou uma reação, mas acabou esbarrando no travessão.

 

Jardim Luana 1 x 0 Complexo da Coreia

Pelo segundo jogo do dia, o Jardim Luana e o Complexo da Coreia se enfrentaram, fazendo uma partida disputada lance a lance, e tendo um adversário em comum: o calor que, na verdade, manteve-se intenso ao longo de todos os demais jogos de domingo. E a alta temperatura do clima se refletiu em campo. Os jogadores da Luana e da Coreia cometeram muitas faltas, de modo que, ao final das duas etapas, o árbitro já havia distribuído cinco cartões amarelos. Com poucas jogadas de reais chances de perigo ao gol adversário por ambas as equipes, o jogo se desenhava para um mero empate em 0 a 0, já que este foi o placar durante a maior parte do tempo. Até que na etapa final, o meia do Jardim Luana, Iago da Silva, balançou finalmente a rede do Complexo da Coreia, liquidando a partida.

 

 

Fumacê 1 x 0 Az de Ouro

Em uma das partidas emocionantes e equilibradas do dia, o Fumacê conseguiu uma vitória suada diante do Az de Ouro. Ainda no primeiro tempo, o camisa 10 da seleção do Fumacê, Rafael, marcou o gol solitário do jogo. Na segunda etapa, o time de Anchieta tentou pressionar o adversário em busca de empate, mas esbarrou na boa marcação da zaga do Fumacê, que ainda quase ampliou o placar em um contra-ataque de almanaque.

 

 

Parque Ipanema 2 x 1 Complexo da Ipadu

Em jogo bastante equilibrado e com boas jogadas de real perigo ao gol adversário por ambas as equipes, o time do Parque Ipanema venceu por 2 a 1. Com tantos lances de risco, os atacantes deram trabalho aos goleiros. O curioso na dinâmica desta partida foi que os dois gols do Ipanema saíram, coincidentemente e exatamente, aos 30 minutos de cada etapa. Se tivessem combinado a cronometragem, não teria dado tão certa. No primeiro tempo, quem abriu o placar foi o camisa 10, Igor Melo, da equipe Parque Ipanema. Já na segunda etapa, o Complexo do Ipadu veio a todo vapor, pressionando em busca de um empate. E não demorou. Com um minuto, o gol de saiu nos pés do meia Márcio Fonseca. O meia do Parque Ipanema, Igor Melo, ainda desperdiçou uma chance de ampliar o placar em cobrança de pênalti defendida, com mérito, pelo goleiro do Complexo do Ipadu, Pedro. Mas, a redenção do Ipanema ainda estaria por vir. De novo, em penalidade máxima, no último minuto do jogo, porém sendo outro jogador cobrando, o atacante Ramon da Silva liquidou a partida, fazendo o segundo gol da equipe.



CRB Dick 3 x 1 Complexo de Quintino

O uniforme das cores do Boca Juniors, da Argentina, utilizado pelo Complexo de Quintino não assustou a equipe do CRB Dick. O time de Duque de Caxias saiu em vantagem com gols de Mazinho e Lucas Daniel. Gilbert diminuiu o placar ainda no primeiro tempo e trouxe a esperança de volta para o Complexo. Mas, no segundo tempo, Igor, com um golaço, deu números finais a partida.

 

Os dois últimos jogos, Jardim Bangu x Citrolândia de Magé e Barata x Complexo do Andaraí, foram encerrados infelizmente sem que os times entrassem em campo. Citrolândia e Complexo do Andaraí não compareceram. Logo, a vitória por W.O foi automaticamente dada para o time do Jardim e para o Barata.

 

A Taça das Favelas Rio 2019 tem patrocínio do PicPay e da Friboi, apoio de Box Mineiro, Euro Sports, Vai Voando, Comunidade Door, Doctare, Globo, Sportv, Mycujoo e Placar Esportivo.

 

*Voluntários sob supervisão da assessoria de comunicação da CUFA.





Taça das Favelas 2019 - Todos os direitos reservados.