Estreia das seleções femininas na Taça das Favelas São Paulo 2019 é marcada por goleadas inéditas

30 de Abril de 2019



por Géssica Esteves*

 

O Centro Esportivo Edson Arantes do Nascimento, mais conhecido como Pelezão, virou palco para o espetáculo das meninas que encerraram o sabadão, dia 27 de abril, com 30 gols marcados no dia, que marcou a estreia da categoria feminina no torneio organizado pela Central Única das Favelas (CUFA) e produzido pela InFavela.

 

Favela do Torresmo 1 x 10 Parque Santa Madalena

Chegou a vez do futebol feminino na primeira edição da Taça das Favelas São Paulo. As meninas chegaram fazendo história, e mostrando toda a garra na maior goleada da temporada até o momento. Tamiris, camisa 8, mostrou para o que veio, foi a primeira mulher a marcar gol na história da Taça das Favelas São Paulo, aos 8 minutos do primeiro tempo, deixando a seleção do Parque Santa Madalena com a vantagem. “Vamos Chocolate”, eram os gritos que mais se ouvia no primeiro tempo, e não deu outra, Adriana Aparecida (Chocolate), camisa 10, da Favela do Torresmo, deixou tudo igual. Meio sem jeito, ainda no segundo tempo, Bianca, camisa 7 do Parque Santa Madalena, correu atrás do prejuízo e manteve viva a esperança para a classificação.

No segundo tempo, a seleção do Parque Santa Madalena voltou para o campo com vontade de ampliar o marcador. Amanda, camisa 11, marcou aos 2 minutos do segundo tempo. Lyvian, camisa 9, marcou aos 5. Vitória, camisa 10, marcou dois seguidos. Aos 15 do segundo tempo, de novo ela! Lyvian, marcou mais um para o Parque Santa Madalena. 

Vencer de 7 a 1 é só para a Alemanha, as meninas do Parque Santa Madalena queriam ainda mais, e para finalizar o show de gols na estreia da Taça das Favelas São Paulo 2019, Laís, camisa 5, também deixou sua marca. E a craque da rodada Lyvian, finalizou a goleada de olho na artilharia do campeonato, marcou o total de 4 gols na partida, que teve como placar final 10 a 1 para a equipe do Parque Santa Madalena, em cima da Favela do Torresmo.

 

Complexo Jardim da Conquista 2 X 4 Favela do Colina - Masculino

As seleções entraram em campo muito bem estruturadas e com muita garra em busca da classificação para as oitavas de final da edição 2019 da Taça das Favelas São Paulo. Ao iniciar o primeiro tempo, Matheus, camisa 4, abriu o placar para a Favela do Colina. Aos 17 minutos, Wellington, do Jardim da Conquista, marcou um gol contra, deixando a Favela do Colina mais próxima da classificação. Ainda no primeiro tempo, aos 20 minutos, Caique ampliou o placar mantendo o excelente desempenho da Favela do Colina na competição, até aqui 3 a 0.

No segundo tempo, o Complexo Jd da Conquista jogou o tempo todo apertando a marcação e correndo atrás do prejuízo. Aos 8 minutos, Wendel, camisa 8 abriu o fez o primeiro do Jardim da Conquista, mas não demorou muito para o ataque da Favela do Colina furar novamente a zaga adversária, o camisa 8, Lucas, fez bonito e deixou a seleção mais confortável marcando o quarto gol da partida. Leonardo, no final do segundo tempo, diminuiu a diferença para o Jd da Conquista. Apita o árbitro... Favela do Colina avança para a próxima etapa do campeonato!

Vila Albertina 4 X 2 Favela do Leme - Feminino

O segundo jogo feminino da competição foi marcado por um jogo disputadíssimo, as duas equipes entraram em campo com excelentes passes e bom toque de bola. Ao início do primeiro tempo, Viviane, camisa 9, abriu o placar para a Favela do Leme. A seleção da Vila Albertina teve a chance do empate, mas o lance foi impedido. Ao final do primeiro tempo, Mirelli, camisa 9 da Vila Albertina, marcou um golaço de cobertura e deixou tudo igual. No segundo tempo, Mariana, camisa 10 da Vila Albertina, mostrou que a seleção gosta de fazer gol bonito, e marcou mais um golaço de cobertura. A Favela do Leme teve a chance do empate em uma bola perigosa na cobrança de falta, mas a goleira da Vila Albertina espalmou para a fora livrando a sua seleção do perigo. Lucilene, camisa 10 da Favela do Leme, conseguiu marcar o gol de empate, mas não demorou muito para que a Vila Albertina desse mais um show. Fabiana, camisa 7, mostrou que a seleção também manda bem em lance de bola parada e marcou um golaço de falta. Para consagrar a estreia na Taça das Favelas São Paulo, Pâmela, camisa 15, marcou mais um para a Vila Albertina na vitória de 4x2 em cima da Favela do Leme.

Complexo Jardim das Palmas 0 (1) X 0 (2) Vale dos Machados - Masculino

Ao contrário das partidas anteriores, cheias de gols e fortes emoções, a partida entre a seleção Complexo Jardim das Palmas e seleção Vale dos Machados foi bem morna. Jogo parado com poucos lances perigosos, os times buscavam a chance do gol a todo momento, mas o jogo permaneceu no zero a zero até o final do segundo tempo. Na decisão de pênaltis, a seleção Vale dos Machados levou a melhor, e segue para a próxima fase do campeonato.

Favela Chacrinha 0 X 6 Favela do Campanário - Feminino

O futebol feminino da edição 2019 da Taça das Favelas São Paulo está muito bem representado, as meninas chegaram para mostrar que são craques. O quinto confronto do dia foi dominado do início ao fim pela Favela do Campanário, Taty, camisa 9, ao início do primeiro tempo, com muita categoria marcou um golaço de letra abrindo o placar para a Favela Campanário. Thais, camisa 17 e Juliana, camisa 2, também balançaram as redes fechando o primeiro tempo com a vantagem de 3 a 0 para a seleção da Favela do Campanário.

No início do segundo tempo, Raíssa, camisa 14, marcou mais um gol, e ,na sequência, a atacante Taty ampliou o placar para a Favela Campanário. Vanessa, camisa 3, fechou a conta. Vitória de 6x0 em cima da Favela Chacrinha. A destaque da partida foi a goleira Nanci, da Favela Campanário, que aos 53 anos de idade, mostrou que a paixão pelo futebol não tem barreiras, e segue com sua seleção para a próxima fase do campeonato na lista das goleiras que ainda não foram vazadas.

 

Complexo de Favelas do Peri 2 x 0 Favela Vila Prudente - Masculino

Um jogo tranquilo, com poucas faltas e as duas equipes bem estruturadas fechando a marcação. O primeiro tempo finalizou com o Complexo de Favelas do Peri na frente, com um gol de Lucas Teixeira, camisa 8. No segundo tempo a Favela da Vila Prudente buscou o tempo todo o empate, mas o placar permaneceu o mesmo, até que aos 30 minutos do segundo tempo, Ryan, camisa 13, fechou o placar e garantiu a classificação do Peri.

Favela do Zimba 0 x 7 Favela do Iraque - Feminino

Se prepara que lá vem mais uma goleada. A Favela do Iraque entrou em campo impondo um ritmo acelerado de jogo, com bom toque de bola e perfeito entrosamento. No início do primeiro tempo, Victória, camisa 9, começou a contagem para a Favela do Iraque. Mirella, camisa 10, marcou mais um e para fechar o primeiro tempo, Catharine, camisa 96, ampliou o placar para a Favela do Iraque, deixando a torcida animada e tornando a classificação da Favela do Zimba um desafio a ser superado no segundo tempo. A seleção da Favela do Zimba voltou do intervalo buscando a todo momento uma forma de furar a zaga adversária, mas não tiveram sucesso nas tentativas. A Favela do Iraque continuou dando um show, e teve uma sequência de gols das atletas Sheyla, camisa 7, Luine, camisa 11, Carol, camisa 99 e para finalizar mais um da atacante Luine, fechando a goleada que colocou a Favela do Iraque nas Oitavas de Final da Taça das Favelas São Paulo 2019.

Complexo Jardim Clipper 2 x 1 Complexo Pq Bristol Maristela Pereirinha - Masculino

Jogo pegado, com muitas faltas, e as duas torcidas vibrando a cada incentivando os times em busca da classificação. O último jogo da noite de sábado no campo Pelezão foi marcado pela excelente atuação dos Guilhermes camisa 10. No primeiro tempo, o camisa 10 do Jd Clipper marcou aos 12 e aos 13 minutos, deixando o Jd Clipper com a vantagem de 2 a 0. Ainda no primeiro tempo, aos 27 minutos, o camisa 10 do Complexo Pq Bristol Maristela Pereirinha diminuiu a diferença. No segundo tempo as duas seleções tiveram muitas chances de gol, mas ninguém marcou pois as duas zagas estavam fechadíssimas. No apito final, a torcida do Complexo Jardim Clipper foi a loucura, e segue com a seleção para mais uma etapa da Taça das Favelas São Paulo.

A Taça das Favelas São Paulo tem como embaixadores o capitão do pentacampeonato mundial de futebol, Cafu, a ex-jogadora de basquete medalhista olímpica, Marta, e o rapper paulista, Dexter, e conta com patrocínio de PicPay, Friboi, Assaí Atacadista e Uber, apoio de Box Mineiro, Vai Voando, Euro Sports, Globo, Sportv, Comunidade Door, Prefeitura de São Paulo e Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, Mycujoo e Placar Esportivo, e cooperação da UNESCO.

*Voluntária sob supervisão da assessoria de comunicação da CUFA.





Taça das Favelas 2019 - Todos os direitos reservados.