Com bom tempo e gol olímpico, rodada de sábado da Taça das Favelas tem goleadas e jogos emocionantes

04 de Maio de 2019



 

 

por Alan Alexandrino*

 

Os torcedores que acompanharam os jogos da Taça das Favelas São Paulo 2019 no Centro Esportivo Vicente Feola, na Vila Manchester, neste sábado, dia 4 de maio, não se arrependeram.

Ao contrário dos últimos finais de semana, o tempo aberto e sem chuva garantiu boas partidas tanto na rodada de jogos tanto no masculino quanto no feminino. Aliás, foram as mulheres que representaram bem: dos 18 gols marcados com bola rolando, 13 foram nos jogos femininos.

A rodada foi marcada por golaços (inclusive, com mais um gol olímpico), jogos emocionantes e muita garra.

A Taça das Favelas é o maior campeonato de futebol entre favelas do mundo e é organizado pela Central Única das Favelas (CUFA) e produzida pela InFavela.

 

Favela Vila Clara 0x2 Complexo da Brasilândia - Feminino

A seleção do Complexo da Brasilândia não demorou para decidir logo a vaga para a próxima fase. Logo no primeiro tempo, as jogadoras chegaram ao placar que garantiu a classificação. Aos 4 minutos, Bruna Costa abriu o placar. Antes do intervalo, deu tempo para Leticia de Oliveira marcar o segundo, que garantiu a vaga à seleção da zona norte paulistana.

 

Complexo Parque Santo Antônio 0 (3)x(1) 0 Cidade Tiradentes - Masculino

No primeiro jogo do dia da categoria masculina, a boa atuação do goleiro de Cidade Tiradentes não impediu que a seleção fosse eliminada do torneio. O jogo terminou em empate sem gols. Nas disputas por pênaltis, o Complexo Parque Santo Antônio, que não desperdiçou nenhuma cobrança, levou a melhor ao vencer por 3 a 1. A partida foi marcada por lances duvidosos e muita reclamação dos integrantes da seleção da Zona Leste.

 

Complexo Morro Do Piolho 0x1 Favela Beira Mar - Feminino

Kathelyn, de pênalti, foi a autora do gol salvador que garantiu a seleção da Favela Beira Mar na próxima fase. O jogo, com poucas chances de gol, foi decidido aos 12 minutos do primeiro tempo.

 

Complexo Jardim Elba 1x0 Favela Palmares Santo André - Masculino

Em mais um jogo com apenas um gol, o Complexo Jardim Elba garantiu a vaga para a próxima fase com o gol marcado por Izael Reis, que eliminou a seleção do ABC paulista. A partida foi marcada pelos muitos cartões aplicados. No total, foram seis, sendo um jogador expulso.

 

Favela do Iporanga 6x0 Favela das Nações - Feminino

A Favela do Iporanga não deu a menor chance para a Favela das Nações. No primeiro tempo, além dos gols de Tayrine e Ketlyn, o destaque foi o gol olímpico de Mayara aos 11 minutos. No segundo tempo, Talita, Vitória e Gabrielly completaram a goleada.

 

Favela Parque Taipas 2 x 1 Complexo Morro Da Paz - Masculino

A Favela Parque Taipas conseguiu fazer o placar necessário com dois gols de Leonardo Dantas, artilheiro do dia. O Complexo Morro Da Paz chegou a diminuir, com Guilherme, mas já era tarde.

 

Favela 3 Portos 0 x 4 Heliópolis - Feminino

Mais uma goleada no dia e, mais uma vez, do jogo da categoria feminina. Ao contrário do time masculino, eliminados na primeira rodada, as mulheres de Heliópolis estrearam com vitória. Com gols de Vitória Cavalcante, Giovanna Gomes e Dayane (duas vezes, artilheira do dia no feminino), a seleção garantiu vaga à próxima fase da competição.

 

Favela do Iporanga 1 x 0 Complexo Cohab Negritude – Masculino

O jogo mais emocionante do dia foi decidido no último lance e contou com uma grande infelicidade do jogador Fernando, do Complexo Cohab I Negritude. Ao contrário do time feminino, que jogou antes, o time masculino da Favela do Iporanga não conseguiu fazer muitos gols. Na verdade, a impressão é que o jogo iria para os pênaltis. O salvador gol saiu no último minuto do segundo tempo. Após falta batida na linha de meio campo em direção à área, a bola desviou no meio do caminho e enganou o  goleiro. Na súmula, o árbitro validou o gol para o jogador Carlos Eduardo, do Iporanga. Independentemente, de quem fez o gol, a festa da torcida foi muito grande. Pois tanto a seleção masculina, quanto a feminina seguem vivas para disputarem o título no Pacaembu, no dia 1º de junho.

 

A Taça das Favelas São Paulo tem como embaixadores o capitão do pentacampeonato mundial de futebol, Cafu, a ex-jogadora de basquete medalhista olímpica, Marta, e o rapper paulista, Dexter, e conta com patrocínio de PicPay, Friboi, Assaí Atacadista e Uber, apoio de Box Mineiro, Vai Voando, Euro Sports, Globo, Sportv, Comunidade Door, Prefeitura de São Paulo e Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, Mycujoo e Placar Esportivo, e cooperação da UNESCO.

*Voluntário sob supervisão da assessoria da CUFA.





Taça das Favelas 2019 - Todos os direitos reservados.